Segunda-feira, 5 de Março de 2007

100 Euros...

Como gosto sempre de deixar o meu cunho pessoal, permitam-me apenas esta simples história:

Na Suiça (país que até conheço mais ou menos…) um talho tem 3 empregados que ganham o triplo dos seus colegas portugueses e cujo patrão tem um Jaguar…

Ou seja, todos vivem bem… E A CARNE É VENDIDA AO MESMO PREÇO QUE EM PORTUGAL, OU ATÉ MAIS BARATA, etc, etc, etc….

Conclusão: Se em Portugal pagamos mais pela carne (entre outros bens essenciais…) e os empregados ganham muito menos à PARA ONDE VAIS A PORCARIA DO NOSSO DINHEIRO PORRA!!!....

 

E agora, façam favor de ler o artigo remetido pelo Friend António Brito.

 

 

100 euros



 Em cada 100 euros que o patrão paga pela minha força de trabalho, o Estado
   tira-me 20 euros para o IRS e 11 euros para a Segurança Social.

 

O meu patrão, por cada 100 euros que paga pela minha força de trabalho, é obrigado a dar ao Estado,  mais 23,75 euros para a Segurança Social.

E por cada 100 euros de riqueza que eu produzo, o Estado  retira ao meu patrão outros 33 euros.

 Cada vez que eu, no supermercado, gasto os 100 euros que o meu patrão pagou, o Estado fica com 21 euros para si.

 Em resumo:

 *    Quando ganho 100 euros, o Estado fica quase com 55.

 *     Quando gasto 100 euros, o Estado, no mínimo, cobra 21.

 *    Quando lucro 100 euros, o Estado enriquece 33.

*     Quando compro um carro, uma casa, herdo um quadro, registo os meus negócios ou peço uma certidão, o Estado fica com quase metade  das verbas envolvidas no caso.  

 

*    Eu pago e acho muito bem, portanto exijo: um sistema de ensino que  garanta cultura, civismo e futuro emprego para os meus filhos.
Serviços de saúde exemplares. Um hospital bem equipado a menos de 20 km da minha casa.

*    Estradas largas, sem buracos e bem sinalizadas em todo o país.

*    Auto-estradas sem portagens. Pontes que não caiam.

*   Tribunais com capacidade para decidir processos em menos de um ano.

*   Uma máquina fiscal que cobre igualitariamente os impostos.

*   Eu pago, e por isso quero ter, quando lá chegar, a reforma garantida  e jardins públicos e espaços verdes bem tratados e seguros.

*   Polícia eficiente e equipada.

*  Os monumentos do meu País bem conservados e abertos ao público, uma  orquestra sinfónica. Filmes criados em Portugal. E, no mínimo, que não haja  um único caso de fome e miséria nesta terra.

*  Na pior das hipóteses, cada 300 euros em circulação em Portugal garantem ao Estado 100 euros de receita.


 *  Portanto, Sr. Primeiro-ministro, governe-se com o dinheirinho que lhe dou porque eu quero e tenho direito a tudo isto.

Um português contribuinte.


 Meus amigos... Este a é seguramente uma informação que todos temos a obrigação de fazer passar...

 

Posted by: Friend António Brito (AlgarveAlgarve…)




 

sinto-me:
publicado por Jneo às 17:08
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De ZéTretas a 5 de Março de 2007 às 23:13
É como sempre... vai tudo dar ao mesmo...
Só temos o que merecemos (é assim em todos os povos)

Comentar post

.About me

.pesquisar

 

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Posts recentes

. Este Blog está encerrado....

. Jogo de futebol Porto - B...

. Excesso de velocidade ? Q...

. Link BESTIAL!!!!...

. IKEA: Enlouqueça você mes...

. Aviso da faculdade de Ciê...

. António Barreto no Públic...

. QUEM ELEGE OS POLITICOS?

. Geração dos 30/40...

. Um piada bastante gira e ...

.Arquivos

. Agosto 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.Links

blogs SAPO

.subscrever feeds